Marcela Ferreira – Vai fuçar no lixo

1809
Por acaso ta escrito na minha testa
Que eu gosto só de homem que não presta
Não é o primeiro, nem o segundo nem terceiro
Que me veste e me poe no cabideiro

Esquece tudo que a gente viveu
Levando o pouco que nunca me deu
Com tanto homem por ai no mundo
Parece que o meu ima só atrai os vagabundos

Cansei, mudei
Se quer amor, vai pedir pra sua mãe
Porque a tonta aqui parou com isso
Aprendi que homem é igual cachorro
Come da melhor ração
mas sempre vai fuçar no lixo

Comentários

comentarios

Categoria