Jonathan Azevedo – Mistério da vida

234
Nos caminhos da vida
Na estrada percorrida
Errando é que se aprende
E quem vai nos julgar

Há de nos perdoar
Há de nos entender
E quanto ao coração
Que às vezes sofre em vão

E sem querer castiga
Não tem como escapar
É preciso aceitar
É um beco sem saída

É claro que o coração é quem comanda
É como estar na corda bamba
E não poder se equilibrar
E agora eu pergunto a Deus qual a saída
Pois maior mistério da vida
Concerteza é o amor

Comentários

comentarios

Categoria